top of page
719f1cbc-471d-46f8-a24c-0354d79cb63b.jpg

Entenda o que é cassiterita, ponto central de operação da PF que chegou a Alexandre Pires

Uma operação da PF (Polícia Federal) que investiga mineração na terra indígena yanomami envolveu o nome do cantor Alexandre Pires, cujo apartamento em Itapema (SC) foi alvo de um mandado de busca e apreensão. Não se trata, porém, de ouro, como vem à mente quando se fala em mineração em áreas protegidas, mas, sim, de cassiterita.



A cassiterita é um minério central para produção de estanho. Interessam-se pela cassiterita as indústrias siderúrgica, de soldas e química, objetos de pewter e bronze.


Segundo Luiz Jardim Wanderley, pesquisador do departamento de geografia da UFF (Universidade Federal Fluminense) e membro do Comitê Nacional em Defesa dos Territórios Frente à Mineração, o Brasil possui a quinta maior reserva de cassiterita do mundo.


No Brasil, segundo a ANM (Agência Nacional de Mineração), ficam na amazônia as mais importantes concentrações de cassiterita. Rondônia é tipo como um dos pontos principais do minério no país. Dados da ANM mostram que o estado lidera em valor da produção mineral.


Assim como para extração de ouro, os garimpos de cassiterita também trazem impactos ambientais, segundo Wanderley. "Usa grandes máquinas, altera a dinâmica dos rios, produz desmatamento. Mas não usa mercúrio", afirma o pesquisador. "Ao mesmo tempo os impactos sociais de ambos os garimpos [ouro e cassiterita] são similares."