top of page
719f1cbc-471d-46f8-a24c-0354d79cb63b.jpg

Eduardo Bolsonaro Pede Expulsão do Dep Estadual Ricardo Arruda do PL devido caso Beto Richa

Nesta sexta-feira (22), o Deputado Federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) ingressou com um pedido para que o Deputado Estadual Ricardo Arruda (PL-PR) seja expulso do partido.



De acordo com o parlamentar, o colega de legenda feriu uma "série de preceitos do estatuto partidário", na tentativa de "descredibilizar a sigla" e o próprio ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).


O filho do presidente de honra do PL e ex-presidente da República reuniu elementos suficientes para demonstrar ao Partido Liberal que, além de distribuir na surdina as imagens para a imprensa, a "arapongagem" esquematizada por Arruda e as mentiras proferidas por ele feriram uma série de preceitos do estatuto partidário, tentando descredibilizar a sigla e o próprio presidente Jair Bolsonaro - declarou a assessoria de Eduardo Bolsonaro.


A solicitação ocorre após o vazamento de um vídeo, que teria sido gravado por pessoas próximas a Arruda, mostrando o ex-governador e atual Deputado Federal Beto Richa (PSDB) no corredor do escritório do ex-presidente Jair Bolsonaro após reunião na sede do partido.


Richa visa filiar-se à sigla e concorrer como pré-candidato à Prefeitura de Curitiba.

Segundo Eduardo, Arruda teria vazado o vídeo para a imprensa na "surdina" por não ter sido escolhido como o pré-candidato a prefeito.


O objetivo, de acordo com o parlamentar, é "pressionar o PL" para favorecer "seu projeto pessoal eleitoreiro".