Com o fim da regra das coligações Cianorte deve eleger mais mulheres em 2024

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


Parece que não, mas a posse inesperada de duas mulheres na Câmara de Paranavaí, vai servir de incentivo para que mais delas saiam candidatas nas eleições municipais em 2024.


Em Paranavaí as duas mulheres “herdaram” mandatos, já que a Justiça Eleitoral condenou por fraude, partido que colocou candidatas laranjas para burlar a regra da cota feminina. A sigla perdeu dois vereadores e uma recontagem de votos foi feita mudando o resultado das eleições de 2020.


Em 2024 não haverá mais as famigeradas coligações partidárias. A disputa será mano a mano. Com o desgaste masculino no campo político, as mulheres terão a oportunidade de ampliar seu espaço. Cabe o trocadilho, mesmo que pareça de mal gosto: No colégio eleitoral brasileiro elas estão pau a pau com eles.


Se a regra – fim das coligações – estivesse valendo ano passado, a vereança de Cianorte teria outra cara. Seriam quatro mulheres – as que estão, Márcia Pereira e Neuza Casassa. E um outro nome masculino estaria no Legislativo Municipal.


Mentindo não estou. Quem se interessar pelo assunto, é só consultar o resultado geral das eleições em Cianorte em 2020, disponível no site do TSE.

Parece que não, mas a posse inesperada de duas mulheres na Câmara de Paranavaí, vai servir de incentivo para que mais delas saiam candidatas nas eleições municipais em 2024.





Posts recentes

Ver tudo