Candidata a santa desde 2011, princesa Isabel pode ser o novo nome da Fundação Palmares

Por Paulo Tertulino - Blogueiro


Enquanto Zumbi dos Palmares lutou para acabar com a escravidão no Brasil, a princesa Isabel Cristina Leopoldina assinou a Lei Áurea. Nesta segunda-feira (15), Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares em declaração à imprensa afirmou que se cogita mudar o nome da Fundação para Princesa Isabel.


Além de criticar e fazer ironias de cunho sexual a uma ação contra o racismo com participação de artistas, Camargo desdenhou da importância de Zumbi dos Palmares e disse que pensa em mudar o nome da fundação que preside para “Fundação Princesa Isabel”, em referência à monarca que assinou a Lei Áurea em 1888, quase duzentos anos depois da morte do líder quilombola brasileiro que é homenageado no Dia da Consciência Negra.


Ainda hoje, alguns sites falaram sobre que desde 2011 tramita na Arquidiocese do Rio de Janeiro um processo para o reconhecimento da santidade da mulher que assinou a Lei Áurea, Princesa Isabel Cristina Leopoldina; contudo, o protagonismo da monarca na abolição da escravatura é questionado pelo movimento negro brasileiro.


Este assunto ainda vai resultar em muita discussão nas redes sociais. Com informações dos postais UOL e IG