top of page
719f1cbc-471d-46f8-a24c-0354d79cb63b.jpg

RECORDANDO QUASE 1 ANO - Buracão Gigante no Cinturão: Cada dia mais Erosão!

Atualizado: 9 de dez. de 2023

Por: Stallone Ribeiro - Professor

Matéria publicada em 23/07/21 - 14:00 horas


Nosso Parque Cinturão Verde, a segunda maior floresta urbana do Brasil, refúgio de Mata Atlântica dos mais bem preservados no país têm mais uma ameaça: Novas e Maiores Erosões a cada dia.


Não é de hoje que viemos observando a falta de cuidado com o Parque Cinturão Verde, principalmente no seu interior onde os olhares da população não chegam no dia a dia, exemplo é a matéria deste portal de notícias com o título de:


Sobre as Erosões:

Devido os solos arenosos de nossa região, derivados geologicamente do Arenito Caiuá, mais porosos e frágeis, ainda com a declividade em áreas próximas de riachos, se não houver vegetação permanente e de grande porte onde as raízes se entrelaçam e prendem o solo, podem ocorrer Erosões de grandes proporções.


O prejuízo não é só areia buraco abaixo, mas também solos férteis de áreas rurais, espaço produtivo ameaçado, centenas de árvores e animais sob risco e "ir pro brejo".


Nas áreas rurais as curvas de níveis devem ter manutenção frequente a fim de evitar enxurradas e Erosões que levem animais, plantações e investimentos como adubos e agrotóxicos ao fundo dos sulcos, ravinas e voçorocas. Quando as curvas de nível em áreas rurais são mal conservadas ou as chuvas em excesso, podem ocorrer rompimentos e prejuízos gigantescos como a Erosão da Bica onde área rural produtiva e residências foram erodidas em uma cicatriz gigante. Veja foto área da erosão da Bica com fazenda e casas na erosão: