top of page
719f1cbc-471d-46f8-a24c-0354d79cb63b.jpg

Andropausa é a Menopausa dos Homens? Saúde Masculina ainda é Tabu

"Qualquer explicação sobre a andropausa precisa começar com o

fato de que ela não existe".


Para o médico Alexandre Hohl, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEm), a chamada "menopausa masculina" é uma "ideia infeliz" já que os homens não passam por um processo parecido com a menopausa das mulheres.


"Biologicamente, o homem tem, sim, uma diminuição progressiva da produção de testosterona, principalmente a partir dos 40 ou 50 anos. Mas se ele for um adulto saudável, provavelmente chegará aos 60, 70 ou até 80 anos com niveis adequados desse hormônio, sem a necessidade de qualquer intervenção ou reposição", esclarece ele.


Mas de onde vem a ideia, então? É que do lado feminino da história, substâncias como o estrogênio deixam de ser produzidas aos poucos, em meados da quinta década de vida.


Neste momento, conhecido como menopausa, a mulher deixa de ovular e menstruar, o que impossibilita uma gestação pelos meios naturais.


Entre os homens, porém, não ocorre um processo parecido. A testosterona, o hormônio masculino relacionado à fabricação dos espermatozoides, entre

outras funções, costuma seguir uma constante por toda a vida, com pequenas variações, mesmo após os 50, 60 ou 70 anos.


Mas vale uma ponderação: há casos em que, por uma série de fatores, a

queda da testosterona é mais aguda do que o esperado.